20/11/2013

RESENHA #1: A garota que eu quero (Markus Suzak).

Boa tarde livromaníacos,

Como vocês estão? Pleno feriado e eu queria estar curtindo uma praia, mas cá estou atualizando meu brógui pra vocês. Hoje vou colocar a primeira resenha que fiz, sobre o livro A Garota Que Eu Quero, do Markus Suzak. Já aviso de antemão que não está lá essas coisas, até porque não sou especialista nisso mas vou melhorar, prometo!


Sinopse: O Rube nunca amou nenhuma delas. Nunca se importou com elas. Nem é preciso dizer que Rube e eu não somos muito parecidos em matéria de mulher. Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro de futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova. Cameron tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.



             (Foto tirada do Google)

Resenha: Essa é a primeira resenha que faço, portanto relevem se ficar horrível, ok? Ok! Bom, terminei anteontem de ler "A garota que eu quero", e apesar dele fazer parte de uma trilogia chamada Irmãos Wolfe, o li sem problema algum. Pois bem, nesse livro a história gira em torno de Cameron, o irmão mais novo. Fala sobre a solidão que ele sente, sobre ele querer se "afogar" numa garota, em como ele se orgulha do irmão Rube, as andanças que ele faz. A primeira garota, Octavia Ash, e como o flui o relacionamento deles, como os dois se abrem um pro outro.

Opinião: Apesar do livro pertencer a uma trilogia(como havia citado), ele pode ser lido separado dos outros. Eu me identifiquei em alguns casos com o Cam, gostei do desenrolar da história, apesar de em alguns pontos sentir falta de "mais", entendem? Mas no geral eu gostei, é um livro que dá pra se ler rápido por ser fino, e a leitura é bem gostosa. Gostei, principalmente, das partes em que aparecem os textos que o Cam escreve sobre ele e um cão.

Nota: 


Então, aí está a minha primeira resenha para vocês. Espero que gostem.

Beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©